Um Papel e Uma Caneta

16 de mai de 2014


Na escola, quando por um momento fiquei sozinha com minha mochila e com meus pensamentos bagunçados, resolvi começar a escrever tudo o que se passava na minha mente, e foi nisso que deu, um poema... O que acharam?




"Lá estava eu sozinha no meio da multidão
Resolvi desabafar sem palavras e ouvir sem nenhum som Todos os meus sentimentos expostos em um papel, Lá estava eu sozinha no meio dos meu pensamentos


Com uma caneta na mão e um papel no chão
Lá estava eu com um sentimento guardado
Dentro de um pequeno coração

Resolvi pensar mais na vida,

Decidir o que fazer e o que falar

Um papel como os outros,

Um papel qualquer, assim como as palavras
E assim como o sentimento, um sentimento qualquer,
Um sentimento só meu,
Um sentimento que ninguém podia sentir, apenas eu

Com um papel na mão e uma caneta vazia como meu coração

Lá estava eu lendo a minha mente,
Pensando na gente,
Até eu ficar sem chão"






2 comentários:

  1. Ficou muito bom seu poema!! ^-^
    Passa lá no meu blog:
    menina-do-oculos-vermelho.blogspot.com
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Aceita Afiliação?
    menina-do-oculos-vermelho.blogspot.com
    Beijos

    ResponderExcluir







Eu Sou O Mensageiro

"Às vezes as pessoas são bonitas. Não pela aparência física, nem pelo que dizem, só pelo que são."

Diário De Uma Paixão

"Nas horas de luto e sofrimento eu vou abraçar e embalar você, e farei da sua tristeza a minha tristeza. Quando você chorar, eu vou chorar, e quando você sofrer, eu vou sofrer. E juntos tentaremos estancar a maré de lágrimas e desespero e juntos vamos superar os obstáculos das esburacadas ruas da vida."

Querido John

"O que é verdadeiro volta? Não. O que é verdadeiro não vai. O que é verdadeiro, permanece."

Amor e Outros Desastres

"Pare de viver sua vida como se estivesse num filme. Pare de idealizar seu amor em vez de encontrá-lo. O amor não é sempre como um raio, as vezes é só uma escolha. Talvez o amor verdadeiro seja uma decisão. Decisão de correr risco com alguém. Dar-se, sem se preocupar se vão dar algo em troca ou magoar você ou se é a pessoa certa. Talvez o amor não seja algo que aconteca, talvez seja apenas uma escolha."

A Última Música

"A vida era bem parecida com uma música. No começo, há mistério, e no final confirmação, mas é no meio que reside a emoção e faz com que a coisa toda valha a pena."

A Procura Da Felicidade

"Não deixem que lhe façam pensar que você não é capaz de fazer algo porque essa pessoa não consegue fazer. Se você deseja alguma coisa, se quer realmente, lute por isso e ponto final."

Shakespeare

“Duvida da luz dos astros, de que o sol tenha calor, duvida até da verdade, mas confia em meu amor”
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!